Salmo 1

SALMO 1

Salmo 1
Neste Salmo encontramos varias referências ao comportamento das pessoas e o fim que advém desse comportamento.


SALMO 1
Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores  
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá.

O Salmo 1 apresenta diretrizes de conduta cristã que todo o crente deve adotar,  quais os benefícios dessa conduta e quais os malefícios de não entregar sua vida ao Senhor.
Só existem dois caminhos, o caminho com Deus e o caminho sem Deus, ou seja ou estás com Deus ou com o diabo, não existe meio termo. Aqueles que seguem o caminho de Deus e cumprem as diretrizes dadas por Deus para suas vidas serão essas arvores plantadas junto a ribeiros de águas, que a seu tempo dará bons frutos - A união entre o homem e Cristo faz com que produzamos bons frutos a seu tempo, pois tudo o que produzirmos será segundo a natureza de Cristo.- e tudo quanto fizer prosperá, tenhamos atenção a este "tudo quanto fizer prosperará", este prosperará não se refere especificamente a dinheiro, casas, carros, etc.. Tendo em conta que o crente tem  prazer em servir a Deus, tudo quanto o crente fizer ou tentar fazer tem de ser a vontade de Deus para sua vida, e claro está que assim sendo tudo quanto fizer será a vontade de Deus o Todo Poderoso logo tudo quanto fizer prosperará. 
- Jesus ensinou em Mateus 6:19-20 " Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam." -
Já os ímpios, os que não andam no caminho do Senhor, os que seguem o caminho do diabo, esses são como moinha ao vento. Se o ímpio é como a moinha, logo  o ímpio é um ser leve, sem consciência espiritual, vazio, verdadeiro dejeto humano largado as suas próprias sortes nas mãos do diabo.
Visite também: Para meu Senhor       http://nnpoesias.blogspot.com/2011/12/i.html


EmoticonEmoticon

Tecnologia do Blogger.

Inscreva-se aqui para receber Atualizacoes